25 novembro 2010

YOTÉ – Um jogo de estratégia africano



Você com certeza já ouvir falar no jogo de damas, xadrez ou até mesmo tria. São tradicionais jogos de tabuleiro que permeiam nossa cultura. E o Yoté? Já ouviu falar?

Apesar de pouco conhecido no Brasil, o Yoté é um dos mais complexos e famosos jogos de tabuleiro de estratégia de todos os tempos. É um jogo eminentemente de estratégia, em que a sorte não tem vez, apenas o raciocínio lógico pode levar um jogador à vitória.

Surgido no oeste africano, o jogo é muito popular em toda África. Inclusive, em muitos grupos infantis, as crianças costumam traçar o tabuleiro na areia, utilizando como peças pequenos cocos, sementes, pedras ou qualquer outro recurso que é facilmente conseguido. Porém, a cada ano, o jogo vem quebrando as fronteiras deste continente, se tornando popular por todo o mundo. Foi classificado entre “os melhores jogos da infância” pelo Comitê Internacional da UNICEF.

O Yoté, em alguns países africanos, está muito ligado as tradições. As táticas e estratégias de vitória são verdadeiros segredos familiares, passados como herança a novas gerações. Inclusive, entre alguns povos, o Yoté é usado para resolver conflitos entre os homens.

E como jogar Yoté? O jogo possui certa semelhança com o jogo de damas, popular no Brasil. É disputado num tabuleiro de 30 casas (6 por 5) e entre dois jogadores. Cada jogador possui 12 peças que começam fora do tabuleiro. Para iniciar o jogo, o jogador pode colocar uma de suas peças em qualquer casa do tabuleiro. A partir daí, em sua jogada, o jogador pode tanto colocar uma nova peça no tabuleiro, quanto mover uma que já se encontra no “campo de batalha”. Vale lembrar que uma peça no Yoté se movimenta sempre uma casa para frente ou para os lados, nunca na diagonal. A captura ocorre como no jogo de damas, pulando por cima da peça do adversário, e caindo na casa posterior a ela. Ao pular uma peça, você acaba por eliminar duas peças do adversário (a que você pulou por cima e qualquer outra a sua escolha). Você ainda pode realizar capturas múltiplas.

Mas bem, melhor do que ficar apenas explicando e teorizando o jogo é jogá-lo! E o Projeto Periferia de Ponta a Ponta disponibiliza o link de um site onde você pode jogar online sem custos algum o YOTÉ. Para jogá-lo, acesse http://www.kongregate.com/games/jpgame/african-yote. Para mais detalhes das regras do Yoté, acesse  http://edu-cacao.blogspot.com/2009/05/jogos-africanos-yote.html.





Eddie – Acadêmico do curso de geografia, 4º ano.





 

3 comentários:

  1. fiz um trabalho com o tema yoté e achei aqui parabens quem criou esse saite

    ResponderExcluir
  2. fiz um trabalho com o tema yoté e achei aqui parabens quem criou esse saite

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. saite putz cara na boa e site

      analfabeto

      Excluir

Comentários

Qual oficina você gostaria que tivesse no projeto?